Carro-bomba explode em Madri e mata policial

Um carro-bomba explodiu hoje em Madri, matando um agente da Polícia Nacional e danificando vários edifícios, informou o Ministério do Interior. A explosão ocorreu no bairro madrileno de Aluche, em um local próximo ao prédio do Ministério da Justiça Nenhum grupo assumiu a autoria do atentado. No entanto, 15 minutos antes da explosão, a polícia municipal recebera uma chamada telefônica de uma pessoa anônima que disse ser membro do grupo armado basco ETA. As autoridades suspeitam que o atentado seja obra do ETA, que já assassinou mais de 800 pessoas desde que iniciou sua campanha armada em 1968 pela independência do País Basco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.