Carro-bomba explode no centro de Bagdá

Um carro-bomba explodiu nesta quarta-feira em um posto de controle próximo a uma área que abriga escritórios internacionais e embaixadas em Bagdá, informou a polícia iraquiana. Pelo menos dez pessoas morreram e cerca de 40 ficaram feridas. O automóvel continha 450 gramas de explosivos, disse o coronel Mayid Adbel Jamid. A explosão aconteceu em um estacionamento da região antes conhecida como Zona Verde, onde ficavam os quartéis das autoridade de ocupação norte-americana. O local foi renomeado de Zona Internacional e hoje reúne as embaixadas dos Estados Unidos e do Reino Unido, além de escritórios do governo interino do Iraque.Uma grande coluna de fumaça negra pode ser vista sobre a área após a detonação. O primeiro-ministro interino do Iraque, Iyad Alaui, visitou a região atingida para avaliar os danos. Segundo Alaui, o atentado foi uma vingança à prisão de suspeitos de terrorismo. No entanto, o ministro não deu mais detalhes sobre quem seriam as pessoas detidas ou quando foram feitas as prisões.O ataque aconteceu o feriado que marcou o 46º aniversário do sangrento golpe nacionalista no qual o último rei iraquiano, Faisal I, foi morto.

Agencia Estado,

14 de julho de 2004 | 04h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.