Carro-bomba mata 10 em Bagdá

Um suposto atacante suicida fez explodir um carro bomba próximo a uma central de polícia no norte de Bagdá, nesta manhã. Pelo menos 10 pessoas morreram - duas delas dentro do carro - e 28 ficaram feridas. Segundo o exército dos EUA, os mortos são cinco civis e três policiais. O capitão Sean Kirley, da II Cavalaria Blindada, afirmou que a explosão abriu uma cratera no pátio da central de polícia. Já o oficial de polícia, Majud Abdel-Hameed disse que o carro, um Oldsmobile, entrou no pátio sendo recebido a tiros, e veio a explodir em seguida.No momento do ataque, cerca de 50 policiais estavam no local para receber os salários. A central fica na região xiíta conhecida como Cidade Sadr. Segundo o sargento Saad Drawal al-Dharaji, que ficou ferido em uma perna, as centrais de polícia já vêm recebendo ameaças dos xiítas há algum tempo. ?Teremos nossa vingança?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.