Carro-bomba mata 11 e eleva mortes no Iraque para 75

A explosão de um carro-bomba elevou para 75 o número de mortos deste domingo no Iraque, de acordo com autoridades locais. A explosão ocorreu às 21h (horário local), em uma área de controle xiita, ao lado de um café em Sadr City, e matou 11 pessoas. A região é uma das mais pobres de Bagdá onde moram os mais influentes clérigos do país.

AE, Agência Estado

09 de setembro de 2012 | 16h33

A polícia precisou atirar para o ar na intenção de dispersar a multidão que se formou. A bomba deixou mais de 20 pessoas feridas.

No total deste domingo, 75 morreram em ataques ao redor do país, com mais de 300 feridos. Autoridades no Hospital al-Sadr confirmaram as mortes. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatentadosterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.