Carro-bomba mata 30 pessoas na Síria

Vítimas deixavam mesquita em área controlada por rebeldes quando foram atingidas por explosão

O Estado de S. Paulo,

27 Setembro 2013 | 12h22

Pelo menos 30 pessoas morreram na explosão de um carro-bomba na saída de uma mesquita em Rankus, ao norte de Damasco, informou nesta sexta-feira, 27, o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, entidade ligada à oposição que monitora o conflito na Síria.

Além das 30 pessoas mortas, dezenas ficaram feridas. O carro-bomba explodiu no momento em que os fiéis deixavam a mesquita de Al-Sahel após as tradicionais orações islâmicas de sexta-feira.

Rankus situa-se a cerca de 30 quilômetros do centro da capital síria, na região de Qalamun, controlada pelos rebeldes. / AP

Mais conteúdo sobre:
Síria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.