Carro-bomba mata 4 seguranças de ministro iraquiano

O novo ministro da Justiça do Iraque, Malik Dohan al-Hassan, escapou hoje de um atentado suicida em Bagdá. Ele era o alvo de um carro-bomba que explodiu na manhã deste sábado, matando quatro de seus seguranças e ferindo outras sete pessoas. O ministro conseguiu sair ileso do atentado porque a explosão atingiu apenas o final do comboio em que seguia. Um segurança conta ter visto o carro-bomba estacionado, no sentido contrário em que seguia o comboio. Ao notá-lo, o motorista do veículo detonou a carga de explosivos.Ao sul da capital iraquiana, outra carro-bomba matou mais duas pessoas e feriu 47. A explosão ocorreu perto do quartel da Guarda Nacional do Iraque em Mahmudiyah, 30 quilômetros de Bagdá. Rebeldes têm atacado autoridades iraquianas do governo interino por acusá-las de cooperação com forças norte-americanas. Este sábado marca o 36.º aniversário do sangrento golpe que levou ao poder o partido Baath, em que militava o ex-presidente Saddam Hussein.

Agencia Estado,

17 de julho de 2004 | 12h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.