Carro-bomba mata ao menos um em atentado suicida

Um ataque suicida hoje nos arredores de Cabul matou pelo menos um civil, além do seu autor, informaram fontes oficiais.O porta-voz do Ministério do Interior do Afeganistão, Yousif Stanikzai, informou que o atentado aconteceu por volta das 9h (1h30 de Brasília), na estrada que liga o aeroporto militar de Baghram, principal base das tropas dos EUA no país, à cidade de Cabul.Segundo as primeiras informações, um veículo carregado de explosivos explodiu na estrada, perto de Dih Sabz, cerca de 25 quilômetros a nordeste de Cabul. Além do motorista, um suposto terrorista suicida, a explosão matou um homem que conduzia uma carroça à cavalo.Tudo indica que o suposto terrorista pretendia atingir um dos muitos veículos militares que circulam pela estrada, segundo fontes oficiais. Stanikzai culpou os "inimigos do Afeganistão", expressão utilizada freqüentemente para se referir ao Talibã e a seus aliados da organização terrorista Al Qaeda.Segundo o ministro, os terroristas "não são capazes de lutar contra os afegãos e seus aliados internacionais cara a cara e preferem atos covardes, em que morrem civis". O ministro afirmou que "eles só sabem matar civis". E lembrou que muitas tentativas de ataque são desbaratadas pela Polícia e pelos militares. Outras vezes, as bombas explodem antes de chegar ao seu objetivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.