Carro-bomba mata mais de 20 em academia de polícia no Iraque

Um militante suicida detonou um carro-bomba do lado de fora da academia de polícia da cidade de Kirkuk, no norte do Iraque, no momento em que centenas de cadetes e funcionários deixavam o local. Pelo menos vinte pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas.Ambulâncias correram ao local, onde sete carros encontravam-se em chamas. O pessoal de resgate transportou os feridos em macas. Algumas pessoas aguardavam atendimento caídas na escada da entrada do prédio.?Este foi um ato terrorista contra membros da polícia iraquiana que iam para suas casas?, disse o coronel de polícia Sarhat Qadir. A explosão foi provocada por um suicida que jogou o carro contra a multidão e detonou os explosivos, disse o coronel.Este é o primeiro ataque do tipo desde 27 de agosto, quando um carro-bomba explodiu durante a passagem de um comboio militar americano por uma rotatória na cidade de Mosul. Naquele ataque, dez pessoas ficaram feridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.