Carro-bomba na Líbia mata ex-oficial de Kadafi

Um carro-bomba explodiu neste domingo na cidade de Benghazi, na Líbia, matando um ex-oficial da segurança do regime do ditador Muamar Kadafi, disse uma autoridade à AFP.

AE, Agência Estado

02 de setembro de 2012 | 12h25

Segundo o vice-ministro do Interior, Yunis al-Sharif, um coronel do governo de Kadafi foi morto e seu segurança ficou seriamente ferido pela explosão de seu próprio carro. "Foi um assassinato. Fizeram uma armadilha no carro". O veículo explodiu no início da tarde na rua Jamal Abdelnasser, no centro de Benghazi.

A explosão é a mais recente de uma série de ataques na parte leste do país, contam ex-oficiais de segurança que serviram o governo de Kadafi, morto após rebeldes tomarem o poder no país. Islâmicos radicais têm sido apontados como responsáveis, pois foram reprimidos violentamente no regime do ditador. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
atentadoLíbiaexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.