Carro de brinquedo explode, mata mulher e fere duas crianças na Espanha

A explosão hoje de um carrinho elétrico de brinquedo carregado de explosivos causou a morte de uma mulher de 62 anos e feriu seus dois netos - um deles, de apenas um ano e quatro meses, encontra-se em estado grave -, disseram autoridades.O brinquedo explodiu quando foi ligado pela criança de um ano e quatro meses dentro do carro da família, segundo um comunicado do Ministério do Interior do País Basco.O comunicado informou que a avó do menino, Maria Francisca Araunzetamurgil, foi morta por estilhaços do recipiente de metal que continha o explosivo. O menino está sendo tratado num hospital com queimaduras e ferimentos na cabeça. Seu irmão ficou levemente ferido.A tia dos meninos disse à polícia que ela havia trazido o brinquedo do restaurante de sua propriedade no lado velho da cidade, um local freqüentado por gangues de jovens simpáticos ao grupo separatista ETA. Ela afirmou que o brinquedo havia sido abandonado por alguém em seu restaurante."Foi implantado no brinquedo, um pequeno carro elétrico, um recipiente metálico contendo uma quantidade de explosivo, provavelmente pólvora", que foi detonado quando o brinquedo foi ligado, segundo o comunicado. "Apesar de a carga ter sido pequena", acrescentou, "ela foi suficiente para causar graves ferimentos no garoto e a morte da mulher quando uma parte do cilindro que continha o explosivo atingiu uma artéria".O Ministério do Interior destacou que a evidência já coletada "não aponta necessariamente para elementos que estiveram recentemente por trás de terrorismo e violência" na região basca - numa referência ao ETA.O ETA é um grupo que já matou cerca de 800 pessoas em sua campanha violenta de 33 anos por um Estado basco independente numa região que se estende do nordeste da Espanha e o sudoeste da França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.