Carros-bomba deixam pelo menos 11 mortos na Somália

Pelo menos 11 pessoas morreram hoje na explosão de dois carros-bomba em Mogadiscio, capital da Somália, segundo testemunhas. O ataque ocorreu em uma base das forças de paz da União Africana. Uma fonte disse ter visto 11 mortos no local, no aeroporto da cidade. Não estava claro se entre eles estavam os autores do ataques. A entidade confirmou apenas que vários de seus soldados ficaram feridos, mas não deu detalhes.

AE-AP, Agencia Estado

17 de setembro de 2009 | 11h35

A Fundação para a Investigação Médica da África informou que a Organização das Nações Unidas (ONU) havia pedido ajuda para retirar 15 pessoas "gravemente feridas" daquela área. Um grupo islamita reivindicou o ataque, afirmando ter como alvos os membros das forças de paz e do governo somali reunidos no local.

Tudo o que sabemos sobre:
Somáliaviolênciacarros-bomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.