REUTERS/Ahmed Saad
REUTERS/Ahmed Saad

Carros-bomba em dois hotéis de Bagdá matam dez

Ninguém reivindicou a responsabilidade pelos ataques, mas Bagdá tem sido alvo quase que diariamente de atentado cuja autoria têm sido reivindicada pelo grupo Estado Islâmico

O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2015 | 19h30

BAGDÁ - Dois carros-bomba foram detonados na tarde desta quinta-feira, 28, nos estacionamentos de dois hotéis de Bagdá matando dez pessoas, segundo autoridades iraquianas. Nenhum grupo reivindicou imediatamente a autoria dos ataques. 

Fontes da polícia disseram que um dos carros foi colocado no estacionamento do Babil Hotel, matando 6 pessoas e ferindo 14. Um minuto depois, um segundo carro-bomba explodiu no estacionamento do Cristal Hotel, antigo Sheraton. Nesse, 4 morreram e 13 ficaram feridos. Fontes médicas confirmaram o número de mortos, mas todas falaram em condição de anonimato. 

Ninguém reivindicou a responsabilidade pelos ataques, mas Bagdá tem sido alvo quase que diariamente de atentado cuja autoria têm sido reivindicada pelo grupo Estado Islâmico (EI). / AP 


Tudo o que sabemos sobre:
IraqueBagdáEstado Islâmico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.