Carros-bomba matam 7 e ferem 80 no norte do Iraque

Três carros-bomba explodiram quase simultaneamente hoje na cidade de Kirkuk, no norte do Iraque, matando sete pessoas e deixando 80 feridas. Kirkuk fica numa região rica em petróleo e é o centro da tensão étnica entre árabes, curdos e turcos. As explosões ocorreram em frente ao quartel das forças de inteligência curda, conhecidas como Asayish, numa estrada e num posto de gasolina.

AE, Agência Estado

09 de fevereiro de 2011 | 10h17

Imagens de televisão mostram veículos policiais em alta velocidade, com as sirenes ligadas, a caminho das Asayish, quando ocorreu a segunda detonação. O chefe de polícia Sarhat Qadir disse que sete pessoas morreram e 80 ficaram feridas após as explosões. Segundo ele, uma das bombas tinha como alvo a patrulha chefiada pelo coronel Ahmed Shamerani, que não ficou ferido. Em Bagdá, duas explosões menores, cujos alvos parecem ter sido a polícia, deixaram seis pessoas feridas. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatentadoscarros-bomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.