Carros-bomba matam pelo menos 16 no Iraque

Dois carros-bomba, um deles conduzido por um suicida, explodiram neste sábado na frente de dois quartéis policiais em povoados próximos a Badgá, matando pelo menos 16 pessoas. As vítimas são na maioria policiais. O primeiro atentado ocorreu em Baqouba, cerca de 60 quilômetros ao norte da capital do Iraque, deixando seis agentes mortos e pelo menos 10 civis feridos, segundo o tenente Hussein Hazem. No segundo ataque, no qual o suicida fez um carro explodir na porta do quartel de Jan Bani Saas - 20 km ao sul de Baqouba -, outros seis policiais foram mortos, além de três civis, além do atacante. De acordo com o capitão norte-americano Ryan McCormick, dez pessoas ficaram feridas.Jan Bani Saad e Baqouba são parte do chamado Triângulo Sunita, que representa um forte foco de resistência contra a ocupação liderada pelos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.