Carta de Khomeini revela pedido por bomba nuclear de militares iranianos

Uma carta de 1988 em que o principal comandante militar do Irã diz que o país precisaria de uma bomba nuclear para ganhar a guerra contra o Iraque veio à tona nesta sexta-feira em Teerã, revelou a rede britânica BBC.A carta, escrita pelo pai da revolução iraniana, Aiatolá Khomeini, cita as reivindicações do comandante nos dias finais da guerra e apenas agora foi tornada pública pelo ex-presidente Hashemi Rafsanjani.A BBC salienta que o conteúdo do texto diverge das alegações do Irã, que argumenta que seu programa de enriquecimento de urânio tem fins pacíficos. Teerã alega que a obtenção de uma bomba nuclear cai contra os princípios do Islã. O documento listava as solicitações dos comandantes militares caso o Irã continuasse sua luta contra o Iraque, diz a reportagem da BBC. Também há a indicação para mais equipamentos militares como aviões e helicópteros, além de soldados e armas de mão. Além disso, indica a reportagem, as solicitações "também citam o alto comandante dizendo que o Irã, dentro de cinco anos, precisa de armas atômicas para ganhar a guerra".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.