Casa Branca afirma que continua caçada por Bin Laden

As buscas do governo norte-americano pelo chefe da Al Qaeda, Osama Bin Laden, não estão suspensas. A informação foi dada pela Casa Branca, nesta quarta-feira, 16, e serve para desmentir as críticas de alguns dirigentes democratas, que teriam dito que a agência de inteligência americana (CIA) tinham suspendido a procura.A unidade especial da CIA que coordena as buscas foi reorganizada. Essa seção teve de se adaptar às mudanças da rede terrorista e à ameaça que representa na atualidade.Em entrevista coletiva o porta-voz da Casa Branca, Tony Snow, disse que "não possui nenhum fundamento a idéia de que o presidente tenha encerrado o programa para a captura de Osama bin Laden".Um dos críticos foi o líder da minoria democrata no Senado, Harry Reid, que afirmou que, cinco anos após os atentados de 11 de setembro, os atos terroristas aumentaram e o presidente George W. Bush desistiu da busca pelo terrorista."Isso é absolutamente falso. Nosso compromisso não diminuiu, e nem a determinação da CIA de prender Bin Laden", afirmou o porta-voz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.