Casa Branca alerta Irã sobre falta de acesso a programa nuclear

O candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, propôs na segunda-feira reformas contra práticas que levaram os Estados Unidos à pior crise financeira desde a Grande Depressão, enquanto seu rival republicano, John McCain, promoveu suas próprias medidas e acusou o adversário de indecisão. McCain retomou sua proposta, feita na semana passada, de criar uma comissão independente para supervisionar o pacote de ajuda a Wall Street, que pode alcançar 1 trilhão de dólares. Ele afirmou que o secretário do Tesouro, Henry Paulson, acumula poder demais nesta crise. Norte-americanos vêem Obama melhor preparado par crise-pesquisa WASHINGTON (Reuters) - Mais norte-americanos acreditam que o candidato do Partido Democrata à Casa Branca, Barack Obama, faria um trabalho melhor na condução da crise econômica do que seu rival, o republicano John McCain, de acordo com uma pesquisa da CNN divulgada na segunda-feira. Quarenta e nove por cento dos consultados disseram que Obama, que é senador por Illinois, tomaria decisões melhores em uma crise econômica, seis pontos percentuais a mais que McCain, senador por Arizona. Líderes da Unasul voltarão a se encontrar em Nova York SANTIAGO (Reuters) - Os presidentes sul-americanos voltarão a se reunir na quarta-feira, em Nova York, para monitorar os avanços nas gestões para ajudar a superar a crise política na Bolívia, disse na segunda-feira o governo chileno. A presidente chilena, Michelle Bachelet, que ocupa a presidência temporária da União das Nações Sul-Americanas (Unasul), marcou um segundo encontro do grupo de nações depois da reunião na segunda-feira passada, aproveitando a Assembléia Geral das Nações Unidas. Inglaterra abre inquérito sobre morte de Jean Charles LONDRES (Reuters) - Três anos depois de o brasileiro Jean Charles de Menezes ser baleado em um metrô de Londres pela polícia, que pensou que ele era um terrorista suicida, foi aberta na segunda-feira um inquérito sobre sua morte. O eletricista de 27 anos foi morto com vários disparos na cabeça, na estação de metrô de Stockwell, em 22 de julho de 2005. No dia 7 do mesmo mês, houve uma série de ataques suicidas na cidade e, no dia anterior, uma tentativa frustrada de ataque. África pede que ricos cumpram promessas de ajuda NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - Líderes africanos pediram na segunda-feira que, apesar das atuais turbulências econômicas, os países ricos cumpram suas promessas de ajuda ao desenvolvimento e combate à pobreza no continente. O presidente da Tanzânia e da União Africana, Jakaya Kikwete, disse numa reunião da Organização das Nações Unidas (ONU) que os países ricos têm "obrigação moral" de ajudar os pobres, mesmo com o eventual agravamento da crise. Aumenta pressão sobre líderes rebeldes na Bolívia LA PAZ (Reuters) - O governo boliviano e os sindicatos camponeses aumentaram na segunda-feira a pressão sobre três governadores regionais para que assinem um acordo nacional que garanta uma saída para o conflito desencadeado pelos planos socialistas do presidente Evo Morales. As bases deste pacto foram definidas numa primeira rodada de negociações, concluídas no domingo, mas no último momento os líderes rebeldes se recusaram a assiná-lo, deixando tudo pendente pelo menos até quinta-feira, quando Morales retornar da Assembléia Geral das Nações Unidas. O presidente viajou na noite de segunda-feira para Nova York, pedindo aos governadores que assinem o acordo "com objetivo principal de conseguir a pacificação do país e o restabelecimento do Estado de Direito". Em entrevista coletiva ao lado do representante especial da União de Nações Sul-Americana (Unasul), o chileno José Gabriel Valdés, e outros observadores, Morales ofereceu modificar um projeto de nova Constituição em favor das autonomias regionais reclamadas pelos rebeldes. Motorista fere 19 em "ataque" em Jerusalém, diz polícia JERUSALÉM (Reuters) - Um carro atingiu uma multidão na área central de Jerusalém nesta segunda-feira, ferindo 19 pessoas, a maioria delas soldados israelenses, no que a polícia descreveu como um ataque "terrorista". Um soldado israelense e depois um policial atiraram no motorista árabe, matando-o, disse um porta-voz da polícia. Bomba mata cinco crianças no Iraque BAGDÁ (Reuters) - Uma bomba escondida em uma barraca de rua matou cinco crianças e feriu outras duas pessoas na cidade de Mosul, norte do Iraque, nesta segunda-feira, disse a polícia local. As crianças tinham entre 7 e 9 anos de idade e estavam brincando perto da barraca, no sul da cidade, quando a bomba explodiu, segundo a polícia. Grupo pouco conhecido assume atentado a hotel no Paquistão DUBAI (Reuters) - Um grupo islâmico pouco conhecido assumiu a responsabilidade pelo ataque ao hotel Marriott, em Islamabad, que matou 53 pessoas, informou o canal Arabiya na segunda-feira. O grupo, chamado de Fedayeen Islam (Partidários do Islã), chamou o correspondente da Arabiya na capital paquistanesa e fez várias exigências, entre elas a de que o Paquistão pare de colaborar com os Estados Unidos, segundo a Arabiya. Chávez termina breve visita a Cuba, diz TV estatal HAVANA (Reuters) - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, finalizou na segunda-feira uma visita de poucas horas a Cuba, onde se reuniu com o colega Raúl Castro, disse a televisão estatal. O jornal da televisão estatal cubana mostrou imagens de Castro se despedindo de Chávez na pista do aeroporto de Havana por volta da 1 hora da manhã de segunda-feira, no horário local.

REUTERS, REUTERS

23 de setembro de 2008 | 02h29

Tudo o que sabemos sobre:
MUNDO-EUA-IRA-NUCLEAR-ONU-POL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.