Casa Branca confirma liberação de Scuds para o Iêmen

A Casa Branca confirmou não ter meios legais de manter os mísseis Scud a bordo de um navio proveniente da Coréia do Norte, interceptado no oceano Índico. Os mísseis serão entregues ao Iêmen. Ari Fleischer, porta-voz da Casa Branca, nem sequer acusou o Iêmen de não ter respeitado um compromisso assumido com os Estados Unidos de não adquirir os mísseis. Fleischer, definindo o Iêmen como um "sócio na guerra contra o terrorismo", acrescentou que as autoridades de Sanaa asseguraram que não irão transferir os Scuds para terceiros.

Agencia Estado,

11 Dezembro 2002 | 16h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.