Casa Branca faz pouco caso de alegações de Saddam

O governo dos EUA fez pouco caso da afirmação de Saddam Hussein de que o presidente americano, George W. Bush, era um "criminoso". "Estou certo de que Saddam Hussein vai continuar dizendo todo tipo de coisas", disse o porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan. "O importante é que Saddam Hussein e os líderes do seu regime vão enfrentar a Justiça do povo iraquiano diante de uma corte iraquiana. Este é um passo importante que ajudará o povo iraquiano a pôr um fim ao passado sombrio da brutal ditadura de Saddam Hussein."Bush viu a gravação da aparição de Saddam perante o juiz durante a tarde, mas não fez comentários sobre as declarações de Saddam quando apareceu em público.

Agencia Estado,

01 de julho de 2004 | 18h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.