Casa Branca não comenta pedido de paz do Papa

A Casa Branca não quis comentar hoje o apelo do papa João Paulo II para que os conflitos "sejam resolvidos por meio de negociações e diálogo, e não pelas armas". Também não quis confirmar nem desmentir a derrubada de um avião espião dos EUA pelo Afeganistão. O papa lançou seu apelo quando de sua chegada ao Casaquistão, embora não o tenha vinculado a qualquer episódio internacional específico.Um porta-voz da Casa Branca respondeu hoje com um seco "sem comentários" à pergunta dos jornalistas sobre se existia alguma reação oficial a respeito. Ao mesmo tempo, nem a Casa Branca, nem o Pentágono formularam comentários sobre o anúncio feito pelo Taleban. A milícia que controla o Afeganistão afirmou ter derrubado um avião sem piloto na região setentrional do país, depois de uma série de vôos de baixa altura para tirar fotografis da área. Os fundamentalistas afirmam também que seus homens derrubaram um helicóptero.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.