Casa Branca tenta esvaziar polêmica sobre discurso a alunos

Após forte reação de republicanos, Casa Branca divulga texto em que Obama encoraja estudantes

AP e EFE,

07 de setembro de 2009 | 14h37

A Casa Branca publicou hoje o texto de um discurso sobre educação que será pronunciado na terça-feira pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, com o objetivo de esvaziar a polêmica criada pelos republicanos sobre seu conteúdo.

 

Veja também

linkAssessor ''verde'' de Obama renuncia

linkObama falará ao Congresso sofre reforma na saúde dia 9

 

No discurso, Obama encoraja os estudantes a superarem seus problemas pessoais e começarem o ano letivo com ambição e empenho. Diz aos estudantes do país que "espera grandes coisas de cada um de vocês", que "no fim do dia poderemos ter os professores mais dedicados, os pais mais compreensivos e as melhores escolas do mundo", que "nada disso importará se vocês não assumirem suas responsabilidades" e que "o que você faz da sua educação decidirá nada menos que o futuro desse país".

 

O texto está longe de ser polêmico, mas o mero anúncio de que o presidente fará um discurso em uma escola, dirigido aos alunos do país, fez com que os republicanos o criticasse e o acusassem de querer doutrinar os jovens. Organizações conservadoras e membros do Partido Republicano pediram a escolas e pais que boicotem o discurso, alegando tratar-se de peça de propaganda de sua agenda política.

 

Para funcionários da Casa Branca, incluindo a secretária de Educação Arne Duncan, as alegações são "tolas". Tola ou não, a polêmica evidencia a polarização da cena política norte-americana, às vésperas de outro discurso que Obama fará, no Congresso, na quarta-feira, em que tentará salvar o plano de reformulação do sistema de saúde.

Tudo o que sabemos sobre:
Obamaeducação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.