Casa de arcebispo é alvo de atentado na Colômbia

Dois policiais ficaram feridos quando homens em motocicleta lançaram uma granada de fragmentação contra a residência do arcebispo de Medellín, monsenhor Alberto Giraldo, segundo o comando de polícia local. O comando não soube dizer se o alvo do atentado era a casa do arcebispo ou os policiais que ali trabalhavam. Giraldo, que não se encontrava no local, foi presidente da Conferência Episcopal colombiana e mediou as negociações de paz com a guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) durante o governo do ex-presidente Andrés Pastrana.Hoje um radialista foi morto e seu colega ficou ferido quando o veículo em que ambos viajavam não parou em um bloqueio de estrada no sul da Colômbia. O ato foi atribuído a supostos rebeldes. O jornalista Carlos Benavidez, de 25 anos, trabalhava para a rádio comunitária católica Manatial Estereo, de Putumayo.Segundo o pároco de Puerto Asis, Jairo Obando, Benavidez planejava cobrir o encontro neste sábado entre o presidente colombiano, Alvaro Uribe, e autoridades locais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.