Casa de embaixador do México em Caracas é assaltada

O diplomata Carlos Pujalte e sua esposa, Paloma Ojeda, já haviam sido sequestrados na capital venezuelana em janeiro

Ansa,

10 de abril de 2012 | 18h12

CARACAS - A casa do embaixador do México na Venezuela, Carlos Pujalte, foi assaltada no último sábado, 7, segundo fontes da agência estatal mexicana Notimex.

 

Os assaltantes teriam levado cerca de US$ 40 mil (aproximadamente R$ 73 mil), de acordo com fontes próximas. O crime foi descoberto ainda no sábado pelo diplomata e sua esposa, Paloma Ojeda, ao chegarem à residência. A polícia local já deu início às investigações.

 

O casal havia sido sequestrado em 30 de janeiro. Eles foram liberados após duas horas em uma estrada no sul da capital venezuelana após pagarem uma quantia que não foi divulgada.

 

Caracas, que é considerada uma das cidades mais violentas do mundo, já foi palco do sequestro do cônsul do Chile no país, Juan Carlos Fernández, que chegou a levar um tiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.