Casa dos Lordes aprova adoção por casais gays

A Câmara dos Lordes aprovou hoje, por 215 votos contra 184, um projeto de lei do governo britânico que autoriza a adoção de crianças por casais não casados oficialmente, incluindo os homossexuais. Em uma primeira apreciação na Câmara, os lordes, de maioria conservadora, haviam votado contra a medida, que ontem foi aprovada na Câmara dos Comuns. O Partido Conservador, na oposição, entrou em crise porque alguns de seus legisladores votaram a favor do projeto. Segundo a lei de adoção em vigor na Grã-Bretanha, heterossexuais e homossexuais solteiros podem adotar crianças, sendo que o mesmo não vale para casais não registrados e gays.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.