Casal de idosos é resgatado 11 dias após terremoto na China

O casal, que não têm filhos, perdeu contato com seus vizinhos e permaneceu isolado em sua cabana

EFE

23 de maio de 2008 | 02h06

Um casal de idosos, de 92 e 84 anos, que permanecia isolado em uma montanha na província sudoeste de Sichuan após o terremoto de 12 de maio foi resgatado nesta sexta-feira pelas Forças Armadas, informou a agência de notícias "Xinhua". O casal, formado por Tian Yueqing e Cao Shuyun, que não têm filhos, perdeu contato com seus vizinhos e permaneceu isolado em sua cabana, construída no alto da montanha Qingcheng, próxima à cidade de Dujiangyan. Segundo a "Xinhua", o casal foi encontrado pelas forças de segurança em uma busca em grande escala. Embora a agência não tenha especificado o estado de saúde destes idosos, assinala que os efetivos os transferiram em uma maca atravessando a pé a montanha até outra localidade. Segundo esta fonte, os militares construíram uma tenda para os resgatados e lhes forneceram uma cama, alimentos, água e outros produtos para a vida diária. O terremoto, de 8 graus de magnitude na escala aberta de Richter, deixou até o momento 55.239 mortos somente na província de Sichuan.

Tudo o que sabemos sobre:
Terremoto na China

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.