Casal é detido por manter criança em armário nos EUA

Um casal norte-americano está detido sob acusações de manter a filha da mulher, de 12 anos, confinada num closet por um ano. A menina foi para um lar adotivo. Alfredo Ines, de 43 anos, e Leticia Ines, de 40, estão na Cadeia do Condado de Cameron sob a acusação de cárcere privado e de maltratar uma criança. Eles não têm advogado.

AE-AP, Agencia Estado

03 de fevereiro de 2010 | 15h58

A menina era mantida trancada no armário, exceto quando ia até a escola e quando precisava usar o banheiro. Se precisasse ir ao banheiro durante a noite, tinha de usar um balde colocado no closet, disse a polícia.

Os investigadores disseram que ela parece muito desnutrida e que fazia seus deveres de casa usando a luz que passava por baixo da porta do armário. Ela dormia em cima de cobertores no chão de cimento.

Serviços de proteção à criança iniciaram a investigação depois que um dos três irmãos da menina alertaram funcionários da escola. A menina está tão desnutrida que parece ter apenas 8 anos. Embora tenha idade para estar na sétima série, ela está na quinta, disse a polícia. Seus três irmãos foram levados para casas de parentes.

"Todos na casa sabiam o que estava acontecendo, mas há crianças que, por medo, mantém isso em segredo", disse o sargento Jimmy Manrrique, da polícia de Brownsville ao jornal The Brownsville Herald.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAmeninacriançaarmáriocasal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.