Virginia Saldivar /AP
Virginia Saldivar /AP

Casal e quatro crianças desaparecem em enchente causada pelo Harvey no Texas

Parentes que viram veículo com dois idosos, de 81 e 84 anos, e seus quatro netos com idades entre 6 e 16 anos, ser engolido pela água disseram que os seis podem ter morrido afogados; autoridades afirmam que só poderão procurar os corpos após a água abaixar

O Estado de S.Paulo

29 Agosto 2017 | 05h03
Atualizado 29 Agosto 2017 | 10h49

DALLAS, EUA - A inundação provocada pela tempestade tropical Harvey no Estado americano do Texas encobriu uma van com seis integrantes da mesma família na capital, Houston, e parentes disseram acreditar que os ocupantes do veículo - um casal de idosos e quatro netos deles, com idades entre 6 e 16 anos - morreram no episódio.

Em entrevista à agência Associated Press, Virginia Saldivar relatou que a casa de seu sogros começou a ser inundada na manhã de domingo. Um dos filhos do casal dirigiu até o local com a van para tentar resgatar os seis familiares, mas, com a forte correnteza formada pelo acúmulo da chuva, o veículo foi levado pelas águas para o pântano Greens Bayou.

O motorista do veículo, Samuel Saldivar, escapou por uma janela, mas não conseguiu abrir a porta da van, que já estava parcialmente submersa, de acordo com Virginia. Ele gritou para que as crianças tentassem escapar pela porta traseira, mas não houve tempo suficiente. A van foi "engolida" pela água rapidamente, relatou Virginia.

“Sam ligou para meu marido (irmão dele) e disse que eles morreram”, contou. "Neste momento, meu marido jogou o telefone longe e começou a gritar." Os desaparecidos são Manuel e Belia Saldivar, de 84 e 81 anos, e os netos deles, Daisy, Xavier, Dominic e Devy. 

Virginia contou que ela e o marido, que moravam no mesmo bairro da região noroeste de Houston, deixaram a cidade no sábado para assistir à luta de boxe entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, em Las Vegas, a mais de 2 mil quilômetros de distância.

Como o pai das crianças está preso, a mãe, que tinha a guarda dos filhos, contava com a ajuda da família para criá-los - e, por isso, eles estavam na casa dos avós.

A Guarda Costeira informou aos Saldivar que não poderá procurar os corpos enquanto o nível da água nas ruas não abaixar. As autoridades de Houston não confirmaram as mortes até o momento, segundo a emissora local KHOU-TV, primeira a relatar o caso.

O porta-voz do escritório do xerife do condado de Harris, Jason Spencer, afirmou também à KHOU que Samuel Saldívar contou às autoridades de dirigia em direção a esta região quando a inundação no pântano Greens Bayou encobriu o veículo. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.