Casal Obama lamenta ataque em templo sikh nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse neste domingo que ele e a primeira-dama Michelle ficaram "profundamente entristecidos" ao tomarem conhecimento de um ataque em um templo sikh que deixou sete mortos, no estado de Wisconsin.

AE, Agência Estado

05 de agosto de 2012 | 20h34

"Enquanto lamentamos esta perda que aconteceu em um templo, nos lembramos de quanto nosso país foi enriquecido pelos sikhs, que fazem parte da grande família americana", disse Obama em comunicado emitido pela Casa Branca. A identidade do suposto atirador, morto pela polícia, não foi divulgada, e os motivos do ataque ainda são desconhecidos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtemplo sikhObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.