Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Casamento homossexual é legalizado em 13 países

Assembleia Nacional da França vota aprovação do casamento gay nesta terça-feira

O Estado de S. Paulo,

22 de abril de 2013 | 18h50

A Assembleia Nacional da França vota nesta terça-feira a aprovação do casamento homossexual no país. O Senado aprovou o projeto de lei neste mês, mas o governo de François Hollande tem a oposição de parte da opinião pública desde novembro de 2011.

Atualmente, o casamento homossexual é legalizado em 13 países: Nova Zelândia, Holanda, Bélgica, Canadá, África do Sul, Noruega, Suécia, Portugal, Islândia, Argentina, Uruguai, Dinamarca e Espanha.

O Parlamento da Nova Zelândia aprovou em abril o casamento gay, tornando-se o primeiro país da região da Ásia e do Pacífico onde casais do mesmo sexo podem se casar legalmente. O Uruguai aprovou o casamento gay no país também nesse mês.

A aprovação na Holanda ocorreu em abril de 2001 - foi o primeiro país a autorizar o casamento civil de pessoas do mesmo sexo.

Na Bélgica, os casamentos entre homossexuais são autorizados desde junho de 2003 e, em 2006, conquistaram o direito a adoção. No Canadá, os homossexuais podem se casar e adotar crianças desde 2005.

Em novembro de 2006, a África do Sul se tornou o primeiro país do continente africano a legalizar a união entre duas pessoas do mesmo sexo através do casamento ou da união civil.

Pioneira no direito de adoção, desde maio de 2009 a Suécia permite a casais homossexuais se casarem no civil e no religioso.

Em Portugal, a lei que legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo entrou em vigor em junho de 2010. Na Espanha, o governo de José Luis Rodríguez Zapatero legalizou o casamento homossexual em julho de 2005.

 
Tudo o que sabemos sobre:
casamento homossexualFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.