Caso Madeleine não está encerrado, diz promotor

A polícia portuguesa terminou seu relatório sobre o desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann, em 3 de maio de 2007, mas as autoridades ainda não decidiram se continuarão a investigação ou se encerrarão o caso, afirmou ontem o procurador-geral Pinto Monteiro. Três jornais portugueses disseram recentemente, citando fontes policiais, que as investigações de 14 meses tinham chegado a um ponto morto e seriam suspensas. Inicialmente, os pais foram apontados como suspeitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.