Reuters/ Paul Hachett
Reuters/ Paul Hachett

Casos da nova cepa de coronavírus são detectados na Coreia do Sul

As três pessoas infectadas pertencem à mesma família residente em Londres e que chegou à Coreia do Sul no dia 22 de dezembro

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2020 | 01h32

Três casos da nova cepa de coronavírus encontrada no Reino Unido foram detectados na Coreia do Sul, segundo anunciado pelas autoridades de saúde do país nesta segunda-feira, 28.

As três pessoas infectadas pertencem à mesma família residente em Londres e que chegou à Coreia do Sul no dia 22 de dezembro, informou a Agência Coreana para o Controle e Prevenção de Doenças (KDCA). Eles foram isolados em quarentena na chegada após terem testado positivo para covid-19.

A nova cepa, que surgiu recentemente no Reino Unido, foi detectada em vários países europeus e em outros continentes, como Canadá, Jordânia e Japão.

De acordo com alguns estudos apresentados no Reino Unido, a nova variante é mais contagiosa do que a cepa original. Mas não foi demonstrado, até agora, que ela cause versões mais graves da doença.

Mais de 50 países ordenaram restrições às viagens do Reino Unido após a descoberta desta variante. A Coreia do Sul proibiu voos para o Reino Unido até o final do ano.

As autoridades sul-coreanas estão tentando conter uma terceira onda da pandemia, que se concentra na região de Seul, onde o número de novos casos diários tem ultrapassado os mil. / Com informaçõe da AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.