Casos de antraz assustam o mundo

Os países de todo o mundo começam neste domingo a tomar medidas preventivas frente ao antraz e ao mesmo tempo acalmar os cidadãos para evitar pânico. ``Tranqüilidade, poderia ser somente pó de talco?, foi o título do jornal The Times of India. No México, o departamento de saúde pública analisou centenares de envelopes suspeitos, mas nenhum estava contaminado com antraz. O medo causado pelos casos nos Estados Unidos ultrapassaram nesta Sexta-feira as fronteiras norte-americanas quando foi encontrada a bactéria em uma carta na Argentina. Este caso foi precedido por outro, ocorrido no Quênia, quando um médico recebeu uma carta com esporos esporas de antraz procedente da cidade norte-americana de Atlanta. O ministro da Defesa da Malásia, Najib Razak recomendou à população que não entre em pânico, apesar dos. Somente quatro dos 13 estados de Malásia sofreram casos de antraz. Análises feitas em centenas de cartas no Japão não detectaram a presença da bactéria, incluindo as enviadas ao Ministério de Relações Exteriores, ao escritório do primeiro ministro, ao Ministério da Defesa, numerosos jornais e à embaixada norte-americana. Na cidade alemã de Essen, 66 pessoas receberam tratamentos preventivos após ser encontrado um pó branco que saía de um envelope em uma agência do correio. Casos semelhantes obrigaram a fechar temporariamente outras agências de correio em Berlim, bloqueando 2,2 mil votos enviados pelo correio para as eleições municipais do domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.