MARCO LONGARI / AFP
MARCO LONGARI / AFP

Casos de coronavírus no mundo ultrapassam 10 milhões

EUA, Brasil, Rússia e Índia respondem por metade dos casos no mundo; mortes chegam a 499 mil

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2020 | 10h52

Os casos globais de coronavírus ultrapassaram 10 milhões neste domingo, 28, de acordo com dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos. Até o momento, o número de mortes causado pela covid-19 foi de 499 mil, de acordo com a mesma contagem. 

O resultado ocorre num momento em que muitos países flexibilizam suas quarentenas e impõem alterações na vida profissional e social que podem durar um ano ou mais até que uma vacina esteja disponível.

Alguns países estão vivenciando ressurgimento de novos focos de infecções - como a China - e levando autoridades a restabelecer parcialmente as quarentenas, o que, segundo especialistas, pode vir a ser um padrão recorrente nos próximos meses e até em 2021.

Os Estados Unidos são o país com maior número de casos - 2,5 milhões. Em segundo lugar vem o Brasil, com 1,3 milhão, Rússia, com 633 mil, e Índia, com 528 mil. Somados, os quatro países respondem por cerca de metade dos casos globais. 

Os primeiros casos do novo coronavírus foram confirmados em 10 de janeiro em Wuhan, na China. Depois, a doença avançou para os outros continentes. No momento, Índia e o Brasil estão lutando contra surtos de mais de 10 mil casos por dia, o que coloca uma grande pressão sobre os recursos de saúde. Os dois países foram responsáveis ​​por mais de um terço de todos os novos casos na semana passada.

Alguns pesquisadores disseram que o número de mortos na América Latina pode chegar a 388 mil até outubro - a região completou 100 mil mortes nesta semana. 

Países como China, Nova Zelândia e Austrália sofreram novos surtos, apesar de anular amplamente a transmissão local. Em alguns países com recursos limitados de teste, os números de casos refletem apenas uma pequena proporção do total de infecções.

Brasil

Após quatro dias com mais de mil mortes diárias, o Brasil registrou 994 mortes causadas por covid-19 registradas no sábado, elevando o total de vidas perdidas para 57.103 no País. Os dados são do levantamento realizado pelo Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL junto às secretarias estaduais de Saúde. Nas últimas 24 horas, foram registrados 35.887 novos casos de covid-19 no País.

O Estado de São Paulo chegou a 14.263 mortes causadas pelo novo coronavírus, das quais 297 foram registradas nas últimas 24 horas. O número de casos confirmados é de 265.581, distribuídos em 617 dos 645 municípios paulistas, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

O Rio de Janeiro vem em seguida, com 202 mortes por covid-19 e 306 novos casos da doença nas últimas 24 horas, segundo boletim divulgado neste sábado, 27, pela secretaria estadual de Saúde. Até agora, 9.789 pessoas morreram em função do novo coronavírus no Estado do Rio, que soma agora 108.803 casos registrados. 

/ Com informações da Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.