Catadores de mariscos morrem surpreendidos pela maré alta

No mínimo 18 catadores de mariscos morreram e vários estão desaparecidos, depois de terem sido colhidos por uma rápida elevação da maré, numa baia ao norte da Inglaterra, disseram hoje autoridades locais.Os mortos - 16 homens e duas mulheres - estavam num grupo grande de pessoas, todas provavelmente de nacionalidade chinesa, que foram puxados da praia pela maré, na baia de Morecombe, em Lancashire, no final da tarde de ontem, enquanto retiravam amêijoas, um tipo de marisco muito apreciado principalmente na Europa e que vive sob a superfície da areia. A Guarda-costeira inglesa disse que outras 14 pessoas foram salvas durante a operação de resgate realizada até a madrugada, desencadeada depois de um telefonema de alguém que observava a pesca e que ligou de seu telefone celular. A busca pelos desaparecidos ainda continua. A parlamentar britânica Geraldine Smith comentou que adificuldade em regular a caça aos mariscos mostra que "essa erauma tragédia anunciada". "Os mariscos encontrados na praia valem bastante dinheiro, mastragicamente eu imagino que essas pobres pessoas que perderam avida ganhavam muito pouco por isso e provavelmente eram vítimasde exploração", disse Smith à rádio BBC. As operações de busca foram complicadas pela incerteza comrelação a quantos catadores de conchas e mariscos estavam nolocal. Um relato inicial informava que cerca de 25 pessoasestavam na baía, mas equipes de resgate admitiram mais tarde quenão sabiam ao certo quantas pessoas faziam parte do grupo. "Nós recebemos informações não confirmadas de que algumaspessoas do grupo poderiam ter deixado a área sem falar conosco.O problema é que agora não sabemos quantas pessoas estamosprocurando", disse Martin Collins, porta-voz da GuardaCosteira. Helicópteros e botes estão sendo utilizados na busca pelosdesaparecidos. Equipes terrestres também estão observando acosta da baía. A subcomandante da polícia de Lancashire, Constable JuliaHodson, disse que os sobreviventes estão sendo interrogados emum centro de recuperação estabelecido perto da baía. De acordo com Hodson, diversos intérpretes foram chamados paraauxiliar os policiais a obter mais informações sobre osdesaparecidos e sobre a situação imigratória dos chineses. A Baía de Morecambe é notoriamente perigosa e famosa pelarápida elevação das marés e por focos de areia movediça. Há doisanos, um britânico e seu filho de nove anos morreram afogados.Eles se perderam em meio à neblina e ficaram presos quando amaré subiu. Ao longo da baía de 310 quilômetros quadrados, placas avisam:"Cuidado! Elevação rápida da maré. Areia Movediça. CanaisOcultos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.