Catalães protestam para se separar da Espanha

Centenas de milhares de independentistas vão às ruas de Barcelona por direito de fazer plebiscito sobre autonomia da Catalunha em relação a Madri

BARCELONA, ESPANHA, O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2014 | 02h02

Vestidos com as cores vermelha e amarela da bandeira da Catalunha, centenas de milhares de catalães independentistas tomaram as ruas de Barcelona ontem e exigiram que o governo da Espanha permita que a região semiautônoma organize uma consulta popular sobre a separação do restante do país.

Precisamente às 17h14 locais (12h14 em Brasília), os catalães formaram um enorme V - de Votar, Vontade, Vitória - nas ruas de sua capital, para lembrar os 300 anos da queda de Barcelona, conquistada pela coroa espanhola em 11 de setembro de 1714. De acordo com a prefeitura de Barcelona - controlada pelo partido nacionalista catalão Convergência e União, do governador Artur Mas -, 1,8 milhão de pessoas participaram da manifestação. Segundo a delegação do governo central espanhol na região, porém, entre 470 mil e 520 mil catalães protestaram.

A intenção do governo catalão é organizar em 9 de novembro um plebiscito na Catalunha sobre sua autonomia em relação a Madri. O governo central, porém, alega que a consulta é ilegal, pois, constitucionalmente, todos os espanhóis - e não apenas os catalães - deveriam votar. De acordo com pesquisas, o direito à consulta é apoiado por 80% dos habitantes da Catalunha e o apoio à independência da região em relação a Madri é crescente e teria atingido a marca de 50% dos catalães. / AFP e REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Independência da Catalunha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.