Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Catalunha quer baixar impostos caso saia da Espanha

Presidente busca atrair empresariado, que teme boicote aos produtos da região

Agência Estado

26 de outubro de 2012 | 11h05

BARCELONA - O presidente da região autônoma da Catalunha, Artur Mas, pediu nesta sexta-feira, 26, o apoio da entidade patronal Pequenas e Médias Empresas da Catalunha (PIMEC), reportou o jornal El País. Artur Mas afirmou que diminuirá os impostos das companhias se a Catalunha converter-se em um Estado independente da Espanha.

Veja também:

linkMoody's rebaixa ratings de 5 regiões da Espanha e reafirma outros 5

linkFMI reforça progressos da Espanha sobre reforma no setor bancário

linkPresidente da Catalunha critica premiê da Espanha

Em uma tentativa de manter os empresários ao lado de seus esforços em direção à autonomia, Artur Mas afirmou que o novo país teria menos "pressão fiscal". Ele também abordou um dos temores do empresariado catalão: o boicote dos produtos da região pelo resto da população espanhola. "Se as empresas não forem bem, fecharão o que tem na Catalunha e também na Espanha (...) Quem fizer isso (o boicote) estará atirando pedras no próprio telhado."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.