Catar é pressionado a vetar líder sudanês

O governo do Catar admitiu que está sendo pressionado para não permitir que o presidente do Sudão, Omar Al-Bashir, participe da reunião de países árabes e sul-americanos que ocorrerá em Doha no dia 31. O Tribunal Penal Internacional emitiu um mandado de prisão contra Bashir por crimes de guerra e contra a humanidade cometidos em Darfur.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.