Católicos convocados à greve de fome contra "Código da Vinci"

O Fórum Social Católico (CSF) da Índia convocou uma greve de fome por tempo indeterminado, a partir de sexta-feira, em protesto contra a estréia no país do filme "O Código da Vinci", além de oferecer uma recompensa em dinheiro para quem capturar o escritor Dan Brown "vivo ou morto", informou o jornal local Hindustan Times.O CSF considera o livro do americano Dan Brown, que deu origem ao filme, uma obra "anticristã". A tese central do livro e do filme sustenta que Jesus se casou com Maria Madalena e que sua descendência chegou a nossos dias, protegida por uma poderosa sociedade secreta."Pedimos a todos que sejam cuidadosos quando lerem o livro", disse o secretário-geral do CSF, Joseph Dias, observando que "o impacto de um filme é muito maior". "Haverá uma lavagem cerebral em massa se o filme for exibido na Índia", opinou.O Fórum promove nesta quarta-feira uma "cruzada de orações" no Convento de Cannosa, na cidade de Mumbai. Um membro do grupo, Nicholas Almeida, ofereceu quase US$ 25 mil a "quem trouxer Dan Brown morto ou vivo", diz o jornal. A distribuidora do filme, Sony Pictures, manteve a data da estréia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.