Católicos se concentram para missa na Basílica do Santo Sepulcro

Peregrinos cristãos e membros da comunidade católica palestina já estão concentrados na Basílica do Santo Sepulcro da cidade velha de Jerusalém para assistir à missa solene, ponto alto das celebrações da Semana Santa. A cerimônia será celebrada pelo principal representante da Igreja Católica na Terra Santa, monsenhor Michel Sabah, no local do túmulo vazio de Cristo. A basílica, um dos lugares mais representativos para o cristianismo, está localizada no monte Gólgota. Segundo a crença popular, ali também foi enterrado o primeiro homem, Adão. Segundo a lenda, Adão recuperou momentaneamente a vida devido ao sangue derramado por Cristo após a crucificação. A missa de hoje se caracteriza pelos "aleluias" e "hosanas" para celebrar a ressurreição de Jesus. Haverá uma procissão solene no interior da basílica, terminando na Pedra da Unção, onde o corpo de Cristo foi envolto numa mortalha. "Eu ressuscito e estou contigo, aleluia!", vai anunciar o monsenhor Sabah ao fim da missa. Na procissão, os monges franciscanos custódios da Terra Santa darão três voltas em torno do lugar onde Jesus foi sepultado, enquanto os paroquianos acenderão velas. Ontem, na bênção do fogo e da água, o monsenhor Sabah acendeu o círio pascal junto à Pedra da Unção. Após a cerimônia da manhã deste domingo no Santo Sepulcro, a Semana Santa será encerrada na aldeia de Emaús, a 10 quilômetros de Jerusalém, onde Jesus apareceu pela primeira vez a dois de seus discípulos e jantou com eles.

Agencia Estado,

16 Abril 2006 | 05h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.