Causa de tragédia em Bogotá foi acidente com explosivos

Um acidente com substâncias químicas utilizadas na fabricação de bombas foi a causa da explosão do último domingo que deixou seis mortos em um edifício do centro da capital colombiana, informaram nesta quarta-feira fontes oficiais. Em relatórios divulgados em Bogotá, o Departamento Administrativo de Segurança (DAS) e a Promotoria Geral descartaram que a explosão tenha sido causado por um escapamento em bujões de gás, como tinha sido divulgado a princípio. As conclusões foram divulgadas um dia depois de os organismos de segurança revelarem que tinham sido encontrados, nos escombros do edifício, amostras de substâncias químicas utilizadas para elaborar bombas, como nitrato de amônio e alumínio. Além disso, o promotor-geral Mario Iguarán disse que o trágico acidente pode ter relação com dois recentes atentados contra ônibus do sistema de transporte coletivo TransMilenio, de Bogotá, que causaram três mortes. Os atentados contra os veículos ocorreram no último dia 6 em dois bairros do oeste e do sul de Bogotá. Segundo as autoridades locais, os responsáveis pelos atentados foram as milícias ou facções de guerrilha urbana das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Agencia Estado,

19 Abril 2006 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.