Cavallo deve reconstruir o que destruiu, diz Alfonsín

O ex-presidente argentino Raúl Alfonsín disparou novas críticas contra o ministro de Economia, Domingo Cavallo. Candidato a senador pela Aliança (coalizão de governo), o líder da União Cívica Radical (UCR), mesmo partido do presidente Fernando de la Rúa, Alfonsín afirmou "que o único sentido da presença de Domingo Cavallo no governo é para que ele reconstrua tudo o que destruiu". Segundo o ex-presidente, ele já havia feito várias advertências, ainda durante a gestão de Cavallo no governo de Carlos Menem, de que as medidas implementadas, como a conversibilidade, levariam o país "a uma situação muito complicada". Alfonsín disse ainda "que se pode suportar qualquer ajuste, na medida em que este esteja baseado na luta contra a evasão, mas nunca na redução de salários de empregados públicos e aposentados". O ex-presidente lembrou ainda que nos últimos dez anos vem criticando toda a "política neoliberal" praticada pelo governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.