Celebridades pedem que Irã liberte Sakineh

Celebridades como Robert Redford, Robert de Niro e Sting pediram ao Irã a libertação de Sakineh Mohammadi Ashtiani, condenada à morte por apedrejamento em seu país, em carta publicada hoje. Mais de 80 atores, músicos, artistas plásticos, acadêmicos e políticos firmaram a carta, argumentando que Sakineh "já sofreu o suficiente".

AE, Agência Estado

13 de dezembro de 2010 | 10h21

Entre os participantes da petição estão o ator Colin Firth, o artista plástico Damien Hirst, o líder da oposição britânica Ed Miliband e o ex-ministro das Relações Exteriores francês Bernard Kouchner. O texto nota que Sakineh já passou cinco anos na prisão e recebeu 99 chibatadas como castigo.

A petição pede que o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, e o presidente Mahmoud Ahmadinejad liberem Sakineh e seu filho, que é advogado e também está na cadeia. O texto foi publicado hoje, na primeira página do jornal The Times, de Londres. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.