Celebridades se comprometem em ajudar o Haiti

Diversas celebridades se uniram ao esforço internacional para ajudar os sobreviventes do devastador terremoto do Haiti, entre elas a supermodelo brasileira Gisele Bündchen, a atriz Sandra Bullock e a cantora Madonna. Segundo dados do Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários das Nações Unidas divulgados neste domingo, Gisele ofertou US$ 1,5 milhão, enquanto Sandra Bullock deu US$ 1 milhão em ajuda.

AE, Agencia Estado

17 de janeiro de 2010 | 14h42

A fundação de Brad Pitt e Angelina Jolie prometeu US$ 1 milhão, Madonna doou US$ 250 mil e a atriz Alyssa Milano, conhecida pelo seriado Charmed, deu US$ 50 mil. A fundação do ciclista norte-americano Lance Armstrong também prometeu US$ 25 mil.

Os dados da ONU mostram que pelo menos US$ 567,67 milhões foram prometidos em ajuda ao Haiti por cidadãos, países, companhias e organizações internacionais até agora. As corporações incluem os bancos norte-americano Goldman Sachs Group e Bank of America, que prometeram cada um US$ 1 milhão, e Citigroup, que se comprometeu a doar US$ 2 milhões.

Outros, por sua vez, estão ajudando com o envio de bens ou especialistas, em vez de dinheiro. O Suriname enviou pessoal militar e policial ao Haiti, assim como cobertores e arroz. A Bolívia enviou sangue para transfusões e alimentos para os sobreviventes, enquanto a Venezuela mandou um avião com especialistas e produtos. Países geograficamente distantes do Haiti, como Bangladesh e Filipinas, também enviaram equipes médicas ao país.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Haititerremotoajudacelebridades

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.