Celia se converte no primeiro furacão da temporada

Segundo centro de furacões, fenômeno não chegará ao continente

Reuters,

21 de junho de 2010 | 02h17

CIDADE DO MÉXICO - No domingo, 20, a tempestade Celia se converteu no primeiro furacão da temporada que se forma no Pacífico oriental, ao largo da costa do México. Entretanto, não representa ameaça à terra firme, diz o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (CNH, sigla em inglês).

Celia é um furacão de categoria 1, segundo a escala Saffir-Simpson, que vai de 1 a 5, de menor a maior intensidade, está localizado a cerca de 600 quilômetros ao sul de Acapulco, no México, e mantém a velocidade de 11 quilômetros por hora, alcançando até 130 km/h.

"Celia se tornou o primeiro furacão da temporada 2010 no Pacífico oriental", detalhou o relatório do CNH. "Está fortalecendo lentamente, enquanto ele caminha para o México", acrescenta.

A tempestade se move para oeste e é esperado que Celia mantenha o trajeto nos próximos dias, sem representar uma ameaça para as zonas costeiras.

Um relatório anterior advertiu que Celia tinha ganhado força, para passar de uma depressão para uma tormenta tropical. Celia é o terceiro fenômeno climático batizado pelo CNH nesta temporada.

Enquanto isso, um novo relatório indicou que a tempestade tropical Blas se debilitou a nível de depressão tropical e foi localizado a 845 km ao sudoeste da Baja California, também no Pacífico.

O centro espera quie Blas siga mais longe da costa do México e que se debilite nos próximos dias.

Em maio, a tormenta tropical Agatha, golpeou a costa da Guatemala provocando inundações e deslizamentos que causaram a morte de ao menos 180 pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.