Celulares são cortados para evitar explosões

O Paquistão está suspendendo serviços de telefonia móvel nas maiores cidades do país para evitar a violência sectária nas celebrações do Muharram - considerado pelos muçulmanos xiitas o mês mais sagrado após o Ramadã. Segundo o Ministério do Interior, mais de 90% das bombas usadas em atentados são acionadas por celulares. Motoqueiros foram proibidos de transportar passageiros para evitar que terroristas cheguem a locais de ataques. Na quinta-feira, um suicida matou 23 pessoas em uma procissão xiita.

O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2012 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.