EFE/Sergei Chirikov
EFE/Sergei Chirikov

Cenário: Para Lavrov, acusação alemã é sem sentido

Não são apenas os EUA que trocam acusações públicas com a Rússia sobre ciberespionagem

O Estado de S. Paulo

10 Dezembro 2016 | 05h00

Não são apenas os EUA que trocam acusações públicas com a Rússia sobre ciberespionagem. O ministro das Relações Exteriores russo, Serguei Lavrov, reagiu ontem às suspeitas de que Moscou estaria conduzindo ciberataques contra a Alemanha, dizendo que “são sem sentido” e até a chanceler Angela Merkel já admitiu isso.

Mas, na verdade, as reclamações de Berlim mostram o contrário. Em Hamburgo, Lavrov foi questionado por repórteres sobre relatórios que dizem que Berlim está preocupada com a crescente ameaça de ciberataques russos relacionados às eleições gerais alemãs do ano que vem. Ele insistiu que até mesmo Merkel falou publicamente que as acusações são falsas. 

Funcionários do governo alemão não quiseram comentar diretamente as declarações de Lavrov, mas lembraram de duas ocasiões, no mês passado, nas quais Merkel falou sobre a ameaça de ciberataque e campanhas de desinformação com origem na Rússia. / AP 

 

Mais conteúdo sobre:
Rússia Alemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.