Cenários para um governo do Likud

Opção 1 - Incluiria o Kadima, o Israel Beiteinu e outro partido pequeno, totalizando 63 ou mais cadeiras na Knesset Problemas - Ideias divergentes paralisariam os esforços de paz. O Kadima quer a criação de um Estado palestino. O Likud é contra. O Israel Beiteinu quer exigir que árabes-israelenses tenham de jurar lealdade ao Estado de Israel para obter cidadania, o que a esquerda vê como racismo Opção 2 - Incluiria o Kadima, os Trabalhistas e o também esquerdista Meretz, com um total de 61 assentos Problemas - Seria difícil conciliar as ideias do Likud com a política externa defendida pela esquerda. Os trabalhistas e o Meretz têm sido bastante relutantes a uma coalizão com a ultradireitaOpção 3 - Incluiria o Israel Beiteinu e a direita religiosa e teria no total 65 cadeirasProblemas - A agenda da direita, que se recusa a negociar territórios ocupados com os palestinos, pode contrariar o novo governo dos EUA. O partido religioso Shas reluta em unir-se ao Israel Beiteinu por sua agenda laica, que inclui a adoção do casamento civil

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.