Centenas de cadáveres continuam nos necrotérios na França

Os necrotérios de Paris continuam repletos de cadáveres de vítimas da onda de calor que não foram reclamados por seus familiares, e as autoridades francesas estão implorando para parentes e amigos dos falecidos irem resgatá-los. Pierre Guinot-Délery, funcionário da Prefeitura da cidade, disse que as autoridades se encontravam na "situação inusitada" de ter reconhecido centenas de cadáveres sem poder desfazer-se deles. ?É mais do que um problema administrativo", afirmou. "De fato, fica claro que estamos diante de um problema sociológico".Agosto é o mês tradicional de férias de verão na França, e muitos acusaram as famílias de terem deixado seus idosos sós e de terem adiado os funerais das vítimas fatais do calor até depois das férias. Os funcionários municipais ainda estão contando as mortes, em sua maioria de idosos e doentes. Veja galeria de fotos

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.