Centenas de milhares protestam contra a guerra

Famílias australianas fizeram piquenique neste domingo sob faixas de oposição à guerra enquantodefensores da paz realizavam vigílias pela Ásia para protestar contra uma possível guerra liderada pelos Estados Unidos contra o Iraque.Na Indonésia, ativistas realizaram uma pequena vigília com velas, a mais recente de uma série de manifestações contra a guerra no maior país muçulmano do mundo. Grupos cristãos emuçulmanos rezaram juntos em frente à maior mesquita de Hong Kong.Milhares de pessoas também se manifestaram contra a guerra na Europa, inclusive nos arredores de instalações militares norte-americanas, um dia depois de protestos similares que reuniram centenas de milhares de pessoas contra um novo conflito no Golfo Pérsico.Na Austrália, centenas de milhares de pessoas saíram às ruas nas últimas semanas para protestar contra o firme apoio do primeiro-ministro John Howard às políticas belicistas dopresidente dos EUA, George W. Bush.Neste domingo, surfistas reuniram-se nas praias de Sydney para formar um gigantesco sinal pela paz na água. No Estado australiano deVictoria, famílias reuniram-se em piqueniques e sessões educacionais contra a guerra.Também foram realizados protestos na Nova Zelândia, Bulgária e Alemanha.Em Washington, os organizadores de um protesto pediram aos participantes que parem o que estiverem fazendo no dia em que a guerra começar para expressar sua oposição ao conflito militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.