Central convoca greve de 24 horas na Venezuela

A principal central sindical da Venezuela convocou hoje uma greve geral de 24 horas para a próxima terça-feira, em apoio aos trabalhadores da indústria do petróleo. A Confederação Venezuelana de Trabalhadores, que representa mais de um milhão de sindicalizados, entre eles milhares de funcionários públicos, afirmou que a greve poderá se estender caso necessário. Desta forma, a confederação, que praticamente paralisou o país com uma greve de um dia em 10 de dezembro do ano passado contra o presidente Hugo Chávez, deverá gerar uma escalada na crise do setor petrolífero que afeta o país. Gerentes da Petroleos de Venezuela (PDVSA), revoltados depois que Chávez tentou tomar o controle da companhia, estão de braços cruzados há três dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.